Divórcio é crescente entre Adventista

Embora não haja nenhuma pesquisa específica que aponte os números de separações na Igreja Adventista,noentanto é possível supor que o problema atinja em proporções inéditas. Basta que o leitor do Blog do Soares observe sua própria congregação. Dificilmente não haverá casamentos desfeitos em sua igreja. Mas, quais são os fatores causadores desta situação, que afeta em cheio as famílias Adventista? O que diz a Bíblia sobre o divórcio? Como a Igreja e nossos pastores tem ajudar os casais em crise?

Em nossa região por exemplo, temos a confirmação até o momento de 6 casais separados. Triste realidade, os problemas que mais afligem a vida a dois – mesmo a dos casais Adventista – são aqueles relacionados a dificuldades financeiras, relacionamentos conflituosos com a família de origem, vida sexual, saúde debilitada e decepções. Falta de diálogo e infidelidade conjugal também são reclamações constantes, diante deste cenário casais tem tem buscado auxilio da Igreja e pastoral relatam frustraçôes. O que está acontecendo?
Segundo O levantamento American Family Survey 2021, realizada pelo YouGov, inicialmente entrevistou mais de 3.200 pessoas entre 25 de junho e 8 de julho. No entanto, obteve resultados de um conjunto de dados final de 3.000 pesquisados. Os resultados da pesquisa de 2021 revelam que apenas 45% dos americanos concordam que a sociedade está melhor à medida que mais pessoas estão casadas. Fora do contexto geral apresentado pela referida pesquisa, digo, os numeros de casamentos felizes, deveriam ser maior entre os Adventistas observadores da lei de Deus. O casamento deveria proporciona estabilidade e satisfação com a vida e quem se casa costuma ter mais longevidade e melhor riqueza financeira e saúde física e mental.
Segundo dados recentes divulgados pelo diretor dos Ministérios de Família para a Igreja Adventista na América do Norte. Ele estimou que um em quatro casamentos adventistas terminam em divórcio. Hoje este número pode ser ainda maior.
“Os casais adventistas são parte desta sociedade e viver nesta sociedade torna-os vulneráveis ​​aos mesmos problemas que outros.”
c – Algumas dicas de como resolver alguns problemas conjugais e familiares:
1º – Um bom diálogo. Com um bom tempo, num local em que não haja interrupções, às vezes é necessário marcar hora, não se acanhe se isto for necessário.
2º – Participar de encontros ou cursos de casais. Patrocinados por igrejas ou outras entidades que visam o bem estar da família. Nestes encontros geralmente são apresentadas boas palestras por médicos, psicólogos ou conselheiros matrimoniais.
São dadas dicas de como vencer os problemas do casal, também existem trabalhos em dupla, onde o casal conversa descobrindo juntos novas e boas perspectivas para a família.
Um encontro de casais quando bem dirigido, é útil não somente para casais que estão em crise, mas também para renovar os votos do matrimônio que acredita estar bem.
3º – Ler livros da área. Diz o ditado: “O homem que mais lê, mais sabe, mais ouve, mais vê.” Não estou ganhando nenhum “cachê” para recomendar estes livros que na minha avaliação são os melhores para qualquer casal:
FELIZES NO AMOR – Editora: Casa Publicadora Brasileira
O MITO DO CASAMENTO PERFEITO – Mundo Cristão
O MITO DA GRAMA MAIS VERDE
35 SUGESTÕES PARA MELHORAR SEU CASAMENTO.
4º – Não espere ser amado, ame primeiro. Amar é dar, e não receber. Cultive boas atenções, palavras bondosas, surpresas positivas, um elogio na hora certa, lembre-se das datas especiais, lembre-se que o casamento é como uma plantinha, ela vai crescer de acordo com seu cuidado e carinho, os resultados serão conseqüências do seu investimento.
5º – Procure um profissional para lhe ajudar. Um pastor, um psicólogo, estes profissionais tem um código de ética, quando você pode contar seus mais íntimos problemas e eles tem o sigilo profissional.
Não conte seus problemas mais íntimos para outros que não pessoas experientes ou gabaritadas para lhe ajudar, pois isto revela problemas do casal que pode desvalorizar a individualidade do casal.
6º – A melhor de todas as opções: Aproxime-se mais de Deus. No livro de Salmos 127:1 está escrito.” Se o Senhor não edificar a casa em vão trabalham os que a edificam.”
Não adianta ter uma residência com os melhores materiais de construção, ou os melhores móveis e eletrodomésticos, se Deus não edificar a família, isto não vai trazer a felicidade completa. Os problemas por pior que sejam, se todos os outros passos foram seguidos e não adiantou nada, esta é a melhor saída pois Filipenses 4:13 revela:


COMPARTILHAR